KUNG FU abre caminhos

A crise de saúde pública que vivemos, veio acentuar a necessidade de manter a comunidade ativa, contrariando o sedentarismo agravado com a pandemia. A atividade desportiva durante este período não só ajuda a compensar a falta de mobilidade que temos vivido, como permite atravessar com maior tranquilidade o momento presente. Mas esta crise sanitária agravou também a condição económica da comunidade em geral, pelo que é urgente criar mecanismos de apoio à população mais fragilizada. 

Numa primeira fase pretendemos alcançar os mais jovens, pois consideramos que os benefícios da prática de Kung Fu serão de extrema utilidade, promovendo um desenvolvimento sólido e sustentado do indivíduo e simultaneamente uma maior harmonia individual e social.

Este é o mote do projecto que pretende abrir horizontes e caminhos a partir da prática regular das artes marciais chinesas.

Para quem é:

Estamos a trabalhar com duas escolas secundárias, Escola Secundária Camões e Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, de forma a dar a conhecer a prática das modalidades e acolher nas nossas aulas regulares, 10 jovens do escalão escolar A e B, em condição económica mais frágil. Pretendemos integrá-los na nossa família marcial, envolvê-los nos nossos planos de treino, com o objectivo de desenvolverem Kung Fu e a possibilidade de participar em eventos culturais, desportivos e competições.

Condições:

Qualquer aluno das escolas – Escola Secundária Camões e Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, com escalão escolar A e B, e com vontade de aprender Kung Fu, tem acesso às 10 vagas disponíveis do projecto Kung Fu Abre Caminhos.

Os alunos interessados devem contactar-nos para efectuar a inscrição e iniciarem os treinos. Não haverá qualquer custo de inscrição nem de mensalidade para o aluno. Apenas serão necessárias: assiduidade e vontade de treinar.

Apoio:

Temos o apoio do IPDJ, mas procuramos entidades públicas e privadas que possam consolidar o projecto e permitir que ele cresça de forma sustentada. Assim, procuramos parceiros que pretendam patrocinar jovens alunos na prática de artes marciais chinesas.

Se pretende abraçar este projecto entre em contacto connosco!